GEAP-Referência

Carência
A+ A-

No caso da necessidade de cumprimento de carência, confira abaixo os prazos

  • 24 horas para urgências e emergências;
  • 120 dias para os demais procedimentos

Migrações de plano

A migração entre planos poderá ser solicitada a qualquer tempo, não havendo a necessidade de cumprimento de novas carências nas seguintes situações:

I. se a migração ocorrer de um plano de maior cobertura e acomodação superior para outro de menor cobertura e acomodação inferior e não houver intervalo de contribuição ou pendências de arrecadação; ou
II. se a migração ocorrer entres planos de idêntica cobertura e acomodação.

Os beneficiários que reingressarem terão as seguintes opções:

I. No primeiro reingresso:
a) se o retorno se der no prazo de 60 dias do cancelamento, os assistidos manterão a situação de carência na qual se encontravam no momento do cancelamento, observado o disposto no regulamento.
b) se o retorno se der após 60 dias do cancelamento aos Assistidos será exigido o cumprimento da carência normal do plano, conforme o disposto no regulamento.
II. Nos demais reingressos:
a) se o retorno se der no prazo de 60 dias do cancelamento será exigido o cumprimento da carência constante do plano, conforme o disposto no regulamento.
b) se o retorno se der após 60 dias do cancelamento será exigido o cumprimento das seguintes carências, a contar da data do reingresso do Participante ou do Dependente:

  • 1) para urgências e emergências: 24 horas;
  • 2) para as demais coberturas: 180 dias;
  • 3) para os partos: 300 dias.

Serão consideradas as isenções de carências, nos seguintes casos:

  • Recém-nascido estará garantido à isenção do cumprimento dos períodos de carência, desde que a sua inscrição ocorra no prazo máximo de trinta (30) dias após o nascimento ou adoção e que seja filho de beneficiário vinculado a um dos planos de saúde administrados pela Geap, aproveitando-se o período de carência já cumprido pelo titular;
  • Beneficiário oriundo de outra operadora e em decorrência da expiração da cobertura assistencial por rescisão de convênio com o patrocinador;
  • Filhos adotivos, menores de 12 (doze) anos de idade, aproveitando os períodos de carência já cumpridos pelo adotante titular;
  • Se a inscrição do beneficiário ocorrer dentro de 30 (trinta) dias da data de início de um novo convênio, inclusive por motivo de migração de carteira;
  • O novo servidor, ocupante de cargo efetivo, e seus dependentes, se a adesão ao plano de saúde ocorrer dentro de 60 (sessenta) dias do efetivo exercício;
  • No programa ambulatorial, para beneficiários provindos de outro plano de saúde, desde que a inscrição seja feita em até 30 (trinta) dias do cancelamento do plano anterior e que se tenha cumprido a carência ambulatorial na antiga operadora.